Empresas clandestinas na mira da PF

5 de Abril de 2019 às 10:34

Desde o final da semana passada, está em curso, em todo País, a Operação Segurança Legal III, que visa coibir o exercício ilegal da atividade de segurança privada, seja por empresas irregulares, seja por pessoas não capacitadas para garantir a segurança em estabelecimentos comerciais e em locais de acesso público.

A operação ocorre simultaneamente nos 27 estados da federação e no Distrito Federal, envolvendo o trabalho do órgão central e de mais de 95 unidades da Polícia Federal, distribuídas por todo o território nacional. Pelo menos 400 empresas de segurança e estabelecimentos estão sendo fiscalizados.

Os prestadores de serviços de segurança privada fiscalizados deverão comprovar sua regularidade, bem como o emprego exclusivo de vigilantes devidamente treinados e capacitados para a atividade e as empresas flagradas atuando de maneira irregular estarão sujeitas ao encerramento das atividades e às demais sanções cabíveis.

(Com Informações da Divisão de Comunicação da PF)